quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Sonhos

A história da gravação da música "Sonhos", sucesso do cantor e compositor Peninha (1953), começou nos estúdios da Polygram, hoje Universal, na rua Érico Veríssimo no Rio de Janeiro.

O produtor Pedrinho da Luz já estava com o disco do artista pronto, com arranjos do maestro Miguel Cidras.

Subitamente Pedrinho entrou no estúdio B, aonde estava gravando Zizi Possi, e arrancou do piano o maestro Hugo Bellard, um conhecido hit-maker. Pedrinho pediu ao Hugo que com urgência fizesse o arranjo, em duas horas, da música "Sonho", para aproveitar o restante do horário de estúdio que tinha reservado para o Peninha.

Como Hugo dissesse que não poderia sair dali porque estava no meio da gravação da Zizi, Pedrinho pediu à produção que liberasse o Hugo.

O maestro ouviu a música, tirou os acordes, e se baseou na música "This Masquarade", que fazia sucesso nos Estados Unidos com George Benson, para o arranjo. Na segunda parte deu uma pitada de Beatles, como os cellos no estilo da música "Eleanor Rigby".

Foi o único arranjo de Hugo Bellard no disco, mas foi a música que fez sucesso, vendendo mais de 600.000 discos em semanas, um grande feito para a época. A musica até hoje vendeu mais de 1 milhão de cópias.

A música serviu para lançar a carreira deste talentoso autor Peninha, que hoje tem dezenas de grandes sucessos gravados pelos mais variados intérpretes.

Caetano Veloso gostou da música e do arranjo, e regravou a música em 2001. E "Sonhos" foi novamente ao primeiro lugar nas paradas.

A música fez parte da trilha sonora da novela "Sem Lenço, Sem Documento" (Peninha - 1977).

SONHOS
(Peninha)

Tudo era apenas uma brincadeira
E foi crescendo, crescendo, me absorvendo
E de repente eu me vi assim completamente seu
Vi a minha força amarrada no seu passo
Vi que sem você não tem caminho,
eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim como
eu sonhei um dia
Quando o meu mundo era mais mundo
E todo mundo admitia
Uma mudança muito estranha
Mais pureza, mais carinho mais calma,
mais alegria
No meu jeito de me dar
Quando a canção se fez mais clara e mais sentida
Quando a poesia realmente fez folia em minha vida
Você veio me falar dessa paixão inesperada
Por outra pessoa
Mas não tem revolta não
Eu só quero que você se encontre
Ter saudade até que é bom
É melhor que caminhar vazio
A esperança é um dom
Que eu tenho em mim
Eu tenho sim
Não tem desespero não
Você me ensinou milhões de coisas
Tenho um sonho em minhas mãos
Amanhã será um novo dia
Certamente eu vou ser mais feliz.

Fonte: Musikcity.

Nenhum comentário:

Postar um comentário