quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O Trem Atrasou

É uma samba carnavalesco composto em 1941 por Paquito, Francisco da Silva Fárrea Júnior ( 1915-1975), Estanislau Silva ( ? ) e Arthur Vilarinho ( ? ).

“O Trem Atrasou” foi incluído por Roberto Paiva em seu disco de estréia na Victor. O resultado esperado foi atingido e esse foi o primeiro grande sucesso do cantor. Descoberto numa pilha de partituras rejeitadas pela gravadora, o samba chamou a atenção do cantor principalmente pelo tema da letra, que reproduzia uma situação vivida constantemente pelos trabalhadores cariocas: "Patrão o trem atrasou / por isso estou chegando agora / trago aqui o memorando da Central / o trem atrasou meia hora / o senhor não tem razão / pra me mandar embora".

O próprio Roberto, ao tempo de estudante, quando morava no subúrbio de Riachuelo, teve várias vezes que recorrer a memorandos da Central para justificar atrasos de chegada ao colégio.

Além de se destacar no repertório carnavalesco, "O Trem Atrasou" é uma das mais antigas canções de protesto de nossa música, tendo sido regravada por uma especialista do gênero, a cantora Nara Leão, no LP "Cinco na Bossa", em 1965.


O TREM ATRASOU
(Paquito / E. Silva / A. Vilarinho )


Patrão, o trem atrasou
Por isso estou chegando agora
Trago aqui um memorando da Central
O trem atrasou, meia hora
O senhor não tem razão
Pra me mandar embora !
O senhor tem paciência
É preciso compreender
Sempre fui obediente
Reconheço o meu dever
Um atraso é muito justo
Quando há explicação
Sou um chefe de família
Preciso ganhar meu pão
E eu tenho razão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário