quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Flor de Lis

Esta bela canção é uma composição de Djavan (1949).

Circulou pela Internet um e-mail que dava como certa a origem da música, remetendo-a ao fato do compositor haver perdido sua mulher e sua filha quando do parto da esposa. A assessoria do cantor desmentiu tal versão porém não apresentou nenhuma versão para combatê-la.

Como curiosidade vale a pena conhecer a versão tão bem elaborada que circulou pela Internet:

“Djavan teve uma mulher chamada Maria, os dois teriam uma filha que se chamaria Margarida, mas sua mulher teve um problema na hora do parto e ele teria que optar por sua mulher ou por sua filha….
Ele pediu ao médico que fizesse tudo que pudesse para salvar as duas, mas o destino foi duro e a mulher e a filha faleceram no parto.
Agora é possível ’sentir’ a letra da música. Conhecendo esta breve história passamos a ouvir a música sob novo contexto, entendendo como a dor pode ser transformada em poema e arte.”

Esteve presente na trilha sonora da minisérie “Queridos Amigos (2008 – Djavan)


FLOR DE LIS
(Djavan)

Valei-me, Deus!
É o fim do nosso amor
Perdoa, por favor
Eu sei que o erro aconteceu
Mas não sei o que fez
Tudo mudar de vez
Onde foi que eu errei?
Eu só sei que amei,
Que amei, que amei, que amei
Será talvez
Que minha ilusão
Foi dar meu coração
Com toda força
Pra essa moça
Me fazer feliz
E o destino não quis
Me ver como raiz
De uma flor de lis
E foi assim que eu vi
Nosso amor na poeira,
Poeira
Morto na beleza fria de Maria
E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem margarida nasceu.
E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem margarida nasceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário