quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Tocando em Frente

A toada “Tocando em Frente” é uma composição de Almir Sater (1956) e Renato Teixeira (1945).

Segundo os compositores a música parece ter sido até uma inspiração espiritual, já que foi composta em um espaço de tempo mínimo. A dupla afirma que foi a canção que eles compuseram mais rapidamente.

Apesar de compor na primeira pessoa, Renato diz que raramente alguma de suas músicas é autobiográfica. Uma que parece ser, " Tocando em frente" foi feita em cima de ditos populares, daí versos como "Ando devagar porque já tive pressa/ E levo esse sorriso porque já chorei demais/ Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe/ Eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei".
- É uma coisa que tem muito a ver com a cultura brasileira, os ditos populares. Aquelas frases que são colocadas em placas na parede - explica.

A música esteve presente na trilha sonora das novelas “Pantanal”(1990 – Maria Bethânia) e Prova de Amor”(2005/2006 – Maria Bethânia) e do filme "O Menino da Porteira" (2009 - Daniel).

TOCANDO EM FRENTE
(Almir Sater / Renato Teixeira)

Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário