quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Ternura Antiga

O samba-canção “Ternura Antiga”(1960) é uma composição do maestro José Ribamar (1919 / 1987) e de Dolores Duran (1930 / 1959).

A canção foi composta após o falecimento de Dolores Duran, musicada pelo maestro José Ribamar. Ribamar precisava de uma canção para participar do Festival do Medina, “Um Milhão Para Uma Canção”. Foi então à casa de Dolores Duran e pediu à Marisa Gata Mansa, grande amiga de Dolores, uma música, poema ou soneto que Dolores houvesse deixado. Várias letras foram então dadas ao maestro, dentre elas, “Ternura Antiga”. O maestro então musicou e participou com ela do Festival. A canção conquistou o segundo lugar, defendida pela cantora Lucienne Franco. Mais tarde foi gravada, com grande sucesso, por Tito Madi.

A canção esteve presente na trilha sonora da novela "Os Imigrantes - Terceira Geração" (1982- Altemar Dutra).

TERNURA ANTIGA
(Jose Ribamar / Dolores Duran)

Ai, a rua escura, o vento frio
Esta saudade, este vazio
Esta vontade de chorar

Ai, tua distância tão amiga
Esta ternura tão antiga
E o desencanto de esperar

Sim, eu não te amo porque quero
Ai, se eu pudesse esqueceria
Vivo, e vivo só porque te espero
Ai, esta amargura, esta agonia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário