terça-feira, 20 de novembro de 2012

Coração de Estudante

“Coração de Estudante” é mais um resultado da parceria de Milton Nascimento (1942) com Wagner Tiso (1945). A música, composta em 1983, era a predileta do ex-presidente Tancredo Neves. Desse modo foi executada incansavelmente por todas as emissoras de TV nos momentos que acompanharam a comoção nacional com a agonia e morte do presidente.

Tornou-se também uma música presente em nove de cada dez formaturas.

A música havia sido batizada originalmente como “Tema de Jango”, já que foi feita para a trilha sonora do filme “Jango”, de Silvio Tendler. “Coração de Estudante” é o tema de João Goulart, que o acompanha nos momentos mais dramáticos como o comício da Central, o exílio e a morte. Nessas circunstâncias a música deveria ao mesmo tempo ser triste e passar uma mensagem de esperança. Encarregado da tarefa, Wagner Tiso compôs uma melodia tocante, mas em tom maior, no caso sol maior, inspirada na cena dos garis varrendo a rua no dia seguinte ao comício. Aliás, tem como mote central um tema cigano, origem também de ancestrais do compositor. Para a gravação da trilha do filme, Wagner combinou um solo de sax-soprano com acompanhamento de piano e contrabaixo. Wagner Tiso afirma que a história da música mudou totalmente de rumo após ganhar letra e ser gravada ao vivo por Milton Nascimento. “Era o momento da campanha Diretas-Já e ela começou a se tornar um hino da juventude”, recorda o compositor. Com a morte de Tancredo, no entanto, Coração de Estudante se transformaria em uma espécie de pavana do presidente morto, tornando-se tema de fundo das reportagens de TV, exatamente na gravação, instrumental, de Wagner Tiso, pontuada por uma flautinha andina por sugestão do cartunista Henfil. “Assim, Coração de Estudante acabou ganhando status cívico e conotação política, emocionando todo o País”, conclui Wagner Tiso.
Após a estréia de “Jango”, Milton Nascimento fez a letra da canção, baseado na lembrança do enterro do estudante Edson Luís, morto pela polícia em 68, cantando-a nos três shows realizados no Palácio das Convenções de São Paulo, em novembro de 83. Gravado ao vivo, o espetáculo resultou num elepê, que mostrava ainda “Menestrel das Alagoas”, composição dedicada por Milton e Fernando Brant ao senador Teotônio Vilela.

Existe em Minas uma flor muito comum chamada “coração de estudante”.

“Coração de Estudante” participou da trilha do filme/documentário “Jango” (1984 – Wagner Tiso)

CORAÇÃO DE ESTUDANTE
(Wagner Tiso / Milton Nascimento)
Quero falar de uma coisa
Adivinha onde ela anda
Deve estar dentro do peito
Ou caminha pelo ar
Pode estar aqui do lado
Bem mais perto que pensamos
A folha da juventude
É o nome certo desse amor

Já podaram seus momentos
Desviaram seu destino
Seu sorriso de menino
Quantas vezes se escondeu
Mas renova-se a esperança
Nova aurora, cada dia
E há que se cuidar do broto
Pra que a vida nos dê
Flor flor o o e fruto

Coração de estudante
Há que se cuidar da vida
Há que se cuidar do mundo
Tomar conta da amizade
Alegria e muito sonho
Espalhados no caminho
Verdes, planta e sentimento
Folhas, coração,
Juventude e fé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário