quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Cidade Maravilhosa

É uma marcha carnavalesca composta por André Filho (1906-1974) em 1934.

O adjetivo para a cidade do Rio de Janeiro foi dado pelo escritor maranhense Coelho Neto, como uma homenagem às belezas naturais da cidade, ao escrever em "A Notícia", página 3, no dia 29 de novembro de 1908 seu artigo "Os Sertanejos".

Em 1934, André Filho gravou seu grande sucesso em dupla formada com a então "novata" Aurora Miranda, de apenas 19 anos. Segundo Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello, a escolha de Aurora "refletia de certo modo a tendência de romper com uma constante da época: a hegemonia masculina na gravação do repertório carnavalesco". De qualquer modo, o certo é que a entrada de Aurora em cena deve-se mesmo ao fato de ser irmã de Carmen, já então no auge da popularidade, inclusive nos carnavais.

O lançamento de "Cidade maravilhosa", se deu no entanto, sem grande sucesso na "Festa da mocidade", em outubro daquele ano. A marchinha foi inscrita, no ano seguinte, no Concurso de Carnaval da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, obtendo, para indignação do autor, a 2ª colocação.

Um decreto oficializou "Cidade Maravilhosa" como hino da cidade.
(Ref.: Lei n. 5, de 25.08.1960; Lei n. 488, de 27.10.1964)

CIDADE MARAVILHOSA
(André Filho)

Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil!
Berço do samba e das lindas canções,
que vivem n’alma da gente.
És o altar dos nossos corações
que cantam alegremente!
Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil!
Jardim florido de amor e saudade,
Terra que a todos seduz…
Que Deus te cubra de felicidade…
Ninho de sonho e de luz!
Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil

Fonte: Wikipédia; Site da Alerj; Collectors.

Nenhum comentário:

Postar um comentário